Gestão

Saiba como fazer a gestão de estoque da maneira correta

Sua empresa tem problemas de crescimento, mas você não sabe o que está impedindo o sucesso? Pois saiba que a gestão de estoque tem forte impacto sobre os resultados e, mesmo assim, muitos gestores não sabem como administrar as mercadorias.

Pensando nesses líderes que precisam de ajuda para impulsionar o negócio, trouxemos algumas informações sobre como fazer uma gestão de estoque de maneira correta. Ficou interessado? Então confira nossas dicas!

Crie padrões e regras de organização

Para facilitar o acesso aos produtos e a fiscalização, é interessante manter um padrão para cada categoria de mercadoria. Existem vários critérios para serem usados: cor, tamanho, marca, preço, volume, fornecedores, datas de validade, etc..

A organização engloba ainda a limpeza do ambiente de armazenamento. Se o estoque está sujo, existe uma grande possibilidade de atrair animais (ratos, baratas, insetos) que podem prejudicar a integridade das mercadorias.

Após definir um padrão, o próximo passo é manter um controle rígido e treinar a equipe para que essas regras sejam seguidas.

Faça o inventário

Quantas vezes por mês você realiza a contagem do seu estoque? Verificar as quantidades, controlar o ciclo de vida de um produto e analisar os relatórios são tarefas indispensáveis para uma boa gestão.

Sem o inventário, dificilmente você conseguirá identificar desvios, perdas e excessos. O controle periódico impede esses problemas e permite que a empresa realize promoções para vender mercadorias próximas ao vencimento ou sem saída.

Uma boa dica é dividir os produtos que farão parte da contagem (diária, semanal, quinzenal, mensal), dando maior atenção àqueles que representam maior perda e os de maior valor.

Seja criterioso ao escolher os fornecedores

Os fornecedores são parceiros da sua empresa. Por isso, é tão importante acertar nessa escolha. Parceiros confiáveis diminuem o risco do seu negócio e trazem maior segurança para a tomada de decisão.

Você deve optar por aqueles que possuem melhor reputação no mercado, que oferecem qualidade, preços justos e fiéis às datas e aos horários de entrega e deve definir prazos e formas de pagamento.

Defina volume mínimo e máximo para cada produto

Quanto é muito e quanto é pouco para se manter no estoque? A resposta está na análise dos dados de vendas, da tendência do consumidor e mercado, datas comemorativas, da rotatividade dos produtos e datas de reposição.

Sabe por que é tão importante estar atento a esse fator? Porque o armazenamento de produtos em excesso e sem giro, representa um investimento realizado, porém sem retorno, ou seja, o capital está parado.

Além disso, quando o estoque opera abaixo do indicado, sua empresa corre o risco de não atender a expectativa dos consumidores, atrai os clientes para a concorrência e perde grandes oportunidades de venda.

Escolha um software de gestão de estoque

Dentre as diversas tecnologias disponíveis atualmente no mercado, opte por aquela que ofereça melhor custo/benefício e que atenda às necessidades do seu gerenciamento.

Os softwares oferecem relatórios seguros e de fácil acesso, melhorando assim a tomada de decisão e o controle do estoque. Lembre-se de treinar a equipe para utilizar corretamente a ferramenta e garantir que o investimento tenha o retorno esperado.

Com o acesso à tecnologia adequada, todas as outras dicas dadas acima ficam mais fáceis de serem executadas. Além de tornar menos desgastante as atividades, essa ferramenta contribui para uma melhor gestão de tempo.

Agora que você já sabe tudo sobre gestão de estoque, confira este post que traz 5 práticas essenciais para diminuir os custos da sua empresa e garanta o crescimento do negócio de uma vez por todas!

voltar
Cancelar