Empreendedorismo

Os 5 indicadores de desempenho de gestão que você deve conhecer

Indicadores de desempenho de gestão, de maneira simplificada, consistem em métricas que analisam e quantificam uma determinada execução da empresa ou de um profissional de vendas, de modo a proporcionar informações úteis para melhorar as estratégias e a tomada de decisões.

Em outras palavras, um indicador é uma ferramenta para mensurar algo útil e relevante que ajudará no planejamento de negócios, seja apontando falhas na gestão e gargalos de produção, seja mostrando pontos e acertos que podem ser melhorados ainda mais.

Neste conteúdo, mostraremos os principais indicadores de desempenho de gestão que você deve conhecer para aumentar as vendas. Continue a leitura do artigo para entender tudo sobre o assunto!

Por que utilizar indicadores de desempenho de gestão? 

  • proporcionam informações precisas para a tomada de decisão do gestor;
  • disponibilizam dados importantes sobre cada etapa do funil de vendas e dos processos cotidianos;
  • implementam mais eficiência e eficácia aos processos;
  • permitem que seja criado um dashboard para disponibilização organizada e panorâmica das informações;
  • promovem agilidade, transparência e melhor compreensão à empresa.

Como funcionam os indicadores de desempenho de gestão?

  • índice – O número deve representar o desempenho atingido em um determinado processo;
  • meta – Trata-se do objetivo, em formato de valor, que deve ser atingido dentro de um período predeterminado;
  • tolerância – Caso a meta não seja alcançada, deve existir um limite de tolerância para apontar o nível de gravidade do resultado. Qualquer valor fora desse limite indica que o desenvolvimento do processo é crítico e medidas precisam ser tomadas.

Quais são os 5 indicadores de desempenho de gestão mais utilizados pelo setor de vendas?

1. Indicador de lucratividade

Acompanhar o faturamento é algo comum entre empresários e profissionais que lidam diretamente com vendas, principalmente quando, apesar dos resultados positivos, o dinheiro não sobra. É sinal de que algo está errado, concorda?

Afinal, se o faturamento foi positivo, mas a empresa não tem recurso disponível, significa que os custos estão elevados e é preciso tomar providências. Uma ótima forma de fazer a análise de lucratividade é comparando seu índice com a média apresentada por outras empresas no mercado em que você atua.

2. Valor do ticket-médio

Certamente, um dos indicadores de desempenho de gestão mais úteis para vendedores, profissionais de marketing e gestores empresariais, pois permite o entendimento a respeito da dinâmica de vendas, podendo ser acompanhado de três maneiras:

  • por vendedor;
  • por cliente;
  • por venda.

O seu objetivo é analisar o desempenho das vendas de uma maneira ampla, além de identificar ações que possam otimizar os resultados. De forma resumida, ticket-médio é o valor, em média, que cada cliente gasta periodicamente em uma empresa, estabelecimento comercial ou e-commerce.

Ao obter dados sobre, por exemplo, qual vendedor está se sobressaindo nas vendas, é possível investigar os motivos que estão gerando os resultados positivos e implementar soluções práticas.

3. Taxa de sucesso em vendas

É o indicador que oferece auxílio aos empresários ou vendedores na hora de entender qual é o índice de vendas fechadas em cada negociação que é realizada.

Sua medição, em geral, é feita quando se estabelece uma relação entre a quantidade total de oportunidades que foram geradas em um determinado período e quantas vendas, de fato, foram concretizadas com sucesso.

4. Índice de “turnover” ou rotatividade

Representa a quantidade de funcionários que entram e saem da empresa durante um determinado período, mas também pode evidenciar outros aspectos do negócio, como uma baixa atratividade em relação à concorrência, por exemplo.

Nesse contexto, é importante reavaliar as estratégias já implementadas para não correr o risco de perder ótimos profissionais de vendas que integram o quadro de colaboradores.

5. ROI

Para finalizarmos, vale mencionar o ROI. Basicamente, ele comparar os valores investidos em melhorias nos processos de trabalho, como treinamentos ou marketing, por exemplo, e os resultados obtidos com essas ações.

Ou seja, ele é um dos indicadores de desempenho de gestão que é responsável pela relação entre investimentos, despesas e prejuízos financeiros, proporcionando informações úteis para melhorar as estratégias e direcionar corretamente os recursos da empresa. 

O conteúdo sobre os principais indicadores de desempenho de gestão foi útil para você? Então assine a nossa newsletter para receber todas as postagens semanais e se manter por dentro das maiores novidades do mundo das vendas!

voltar
Cancelar