Marketing Multinível

Marketing de rede: o que é, como funciona e mais!

Você sabe o que empresas como Mary Kay, Herbalife e Jequiti têm em comum? Todas elas utilizam o marketing de rede, também conhecido como marketing multinível (MMN), como seu modelo de vendas.

Trata-se de uma modalidade de venda direta, ou seja, os produtos vão direto da fábrica para os consumidores, sem passar por representantes regionais e atacadistas. Quem os recebe é o revendedor – que além de vender, tem a missão de atrair novos distribuidores para o negócio, formando um time próprio. Assim, ele ganha com o lucro direto e com o indireto por meio da comissão residual.

Ficou curioso para saber mais sobre o que é e como funciona o marketing de rede? Aproveite e leia este post que preparamos para você.

Como surgiu o marketing de rede?

O primeiro registro do uso do marketing de rede é de 1903, quando a norte-americana Watkins Brothers permitiu que seus distribuidores criassem uma rede de distribuição própria. Dessa forma, pela primeira vez na história, uma empresa permitiu que seus funcionários construíssem um negócio lucrativo dentro de outro negócio.

Em 1940, também nos Estados Unidos, o médico e químico Carl Rhenborg adotou tal modelo quando concebeu sua empresa de nutrição, tornando-se um dos personagens mais lendários quando o assunto é MMN.

Já no ano de 2016, de acordo com o ranking anual da Direct Selling News, o setor movimentou 183,7 bilhões de dólares! Entre as top 10 empresas do ramo, estão nomes mundialmente conhecidos, como Avon, Herbalife, Vorwek, Mary Kay, Natura e Tupperware.

No Brasil, apesar da crise econômica, o volume de negócios foi de R$ 40,4 bilhões apenas no ano passado.

Quais são os seus pilares?

Empreendedorismo

O aprendizado de vender um produto e de recrutar novos distribuidores capacita o revendedor caso ele queira abrir uma empresa em qualquer área.

Desenvolvimento pessoal

Grandes marcas investem em cursos e treinamentos gratuitos para que o profissional possa desenvolver habilidades importantes e garantir seu sucesso no segmento.

Enriquecimento financeiro

O conhecimento também contribui para o enriquecimento financeiro de quem trabalha com MMN. Isso porque a pessoa que tem acesso a cursos e treinamentos pode aplicar o que foi aprendido em práticas de vendas, gestão e recrutamento.

Quais as vantagens do marketing de rede?

Com o MMN, o revendedor tem a autonomia de escolher qual produto venderá e quantas horas trabalhará por dia, recebendo da empresa a devida capacitação, comissão e bonificação, além dos ganhos escaláveis, que propiciam um maior retorno financeiro.

Para o cliente, a vantagem é que, sem intermediários na distribuição dos produtos, os custos de venda são menores. Consequentemente, os preços ficam mais baratos.

As grandes empresas, por sua vez, economizam por não terem vínculos empregatícios com seus revendedores e diminuem seus gastos com marketing, já que seus vendedores fazem a divulgação do produto boca a boca.

Embora muita gente ainda olhe com desconfiança para o marketing de rede, o sucesso de marcas de renome mostra como esse modelo pode ajudar as empresas a aumentarem significativamente suas vendas! Se você se interessou pelo conteúdo de hoje, aproveite para conhecer as diferenças entre pirâmide e marketing multinível.

voltar
Cancelar