Empreendedorismo Finanças Gestão

Custo de aquisição de clientes: como calcular o CAC para adquirir novas oportunidades?

Todas as empresas buscam maneiras de aumentar as vendas e os lucros. Para isso, traçam diferentes estratégias para atrair mais clientes e fidelizar aqueles que já conhecem a marca. Mas qual é o custo de aquisição de clientes? Quais são os meios que trazem melhores resultados, com investimento mais baixo?

Essas questões são importantes para avaliar e direcionar as ações de uma empresa na busca de novos negócios. O CAC, ou custo de aquisição de clientes, é uma das métricas mais importantes de qualquer negócio e você precisa entendê-la.

Neste post vamos mostrar a importância do custo de aquisição de clientes e como ele pode ajudar sua equipe a tomar decisões mais acertadas. Confira!

O que é custo de aquisição de clientes?

O CAC está relacionado ao valor que envolve a aquisição de um novo cliente, ou seja, o valor gasto para transformar um consumidor em cliente.

Hoje, as empresas utilizam vários meios para buscar leads, seja pelas redes sociais, por sites de pesquisa, por e-mail marketing, blog, eventos etc. Cada tipo de contato tem seu impacto e seu custo.

Investir em anúncios no Google Adwords, impulsionar campanhas no Facebook, manter um blog atualizado: todas essas ações geram resultados para a empresa mas têm custos diferentes. A função do CAC é justamente levantar esses custos e compará-los aos resultados.

Como calcular o CAC?

Para calcular o custo de aquisição de clientes é necessário levantar alguns dados. Lembre-se que essa análise é feita em determinado período de tempo. Os dados necessários são:

1. Custos do setor de marketing

2. Custos do setor de vendas

  • salários e custos com recursos humanos (incluir comissão);
  • ferramentas usadas na gestão;
  • viagens e equipamentos para contato.

3. Número de novos clientes

Agora você precisa coletar o número de clientes novos que foram conquistados dentro do período avaliado. Se houver clientes que foram atraídos por outros meios que não tiveram os custos relacionados anteriormente (nos itens 1 e 2), desconsidere-os.

O cálculo é o seguinte:

CAC = (custo do setor de marketing + custo do setor de vendas) / número de novos clientes

Por exemplo, imagine um negócio que tenha os seguintes valores:

  • custo do setor de marketing: R$ 5.000
  • custo do setor de vendas: R$ 7.000
  • número de novos clientes: 200

O CAC será: (5.000 + 7.000) / 200 = R$ 60

Quais são os benefícios de calcular o custo de aquisição de clientes?

O CAC é uma das métricas essenciais, e calculá-la gera vários benefícios para a empresa. Veja alguns deles:

  • apoio na tomada de decisões, com estratégias mais acertadas;
  • foco em melhores práticas e visualização de meios não tão interessantes;
  • identificação da saúde do negócio.

Como reduzir o CAC?

Agora que você já sabe o significado e a importância do custo de aquisição de clientes, deve estar se perguntando como reduzi-lo, não é mesmo? Veja então essas dicas:

Como vimos, o custo de aquisição de clientes é uma das métricas essenciais para qualquer negócio. Com ele, pode-se traçar estratégias de marketing mais eficazes e eliminar custos desnecessários, que abalam as finanças da empresa.

Para calcular, defina um período de tempo, levante os custos envolvidos e o número de novas aquisições. Faça o cálculo e verifique como anda a saúde do seu negócio.

Se você possui uma empresa de vendas pontuais, avalie se o CAC é menor que seu ticket médio. Se for, ele está bom. Se sua empresa faz negócios recorrentes, avalie o tempo que determinado cliente faz compras e quanto ele gasta nesse período. Assim, se o CAC for menor que o faturamento, sua empresa terá lucro.

Se você gostou do nosso artigo sobre o custo de aquisição de clientes, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de outros conteúdos como este!

voltar
Cancelar